Num determinado clube, certa vez, o treinador se deparou com um problema: havia dez remadores disponíveis para compor um barco a oito para participar de uma Regata.

https://www.pexels.com/pt-br/foto/atletas-esportistas-jogadores-barco-3853034/

A fim de evitar problemas, decidiu que a composição, ocorreria por ordem de chegada no próximo treino, num sábado às cinco horas da manhã.

Um determinado remador, muito Caxias, muito dedicado, não queria perder sua vaga no barco, foi quando pensou:

– Vou dormir no carro, em frente ao clube.

Para reforçar seu “Plano Infalível”, decidiu colocar sua carteira de identidade, por baixo da porta, assim o treinador quando entrasse no clube, verificaria “sua presença”.

Dito e feito, às quatro e meia da manhã, o treinador chegou ao clube, antes dos remadores, sendo a primeira coisa avistada, a carteira de identidade do precavido.

Ele pensou: “o fulano deve ter a esquecido, vou guardar comigo”.

À medida que o tempo foi passando, foram chegando os remadores até completar o barco a Oito, mas e aquele que foi dormir em frente ao clube?

Ficou dormindo e fora da guarnição.

Categorias: Crônicas

2 comentário

Toninho Naco Farias · 9 de julho de 2021 às 07:53

Searinha Neto, nesta História de Remador fica uma grande lição.Não basta estar presente. Você sempre deve estar acordado e ligado nos acontecimentos da vida!!!

Deixe uma resposta

Avatar placeholder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

pt_BRPortuguese