Guayaquil-Posorja

Publicado por historiasderemador em

por Cesar Seara Neto

Por que gostamos de desafios? Quais os motivos que nos levam a ultrapassar limites? Foi provado recentemente que foram remadas atravessando oceanos, que permitiram ao ser humano, ampliar a povoação de nosso planeta. Seria esta nossa curiosidade pelo desconhecido, nossa principal mola propulsora a enfrentar estas batalhas?

Estes desafios muitas vezes podem ser uma prova de fé, de gratidão, ou simplesmente uma prova para si próprio.

Durante esta semana, conversamos com Xavier Moscoso da EstoesRemoTV, nossa representante para o Equador da Red de Comunicaciones criada por nosso amigo Marcos de RowingTVChile, para divulgar nosso esporte em toda América Latina.

O tema: a tradicional Travessia Guayaquil – Posorja. Na madrugada de quinta para sexta-feira Santa, remadores sobem em Guayaquil nos seus barcos de remo olímpico enfrentando a escuridão da noite, descendo o Rio Guayas que desemboca nas águas mexidas do mar até a famosa Praia de Posorja.

Um total de noventa quilômetros, normalmente percorridos em torno de sete horas, são percorridos por corajosos e bravos remadores. A principal regra, a guarnição que inicia, deve ser a mesma que termina a travessia.

São duas modalidades de barcos que fazem o percurso, o Quadruplo Skiff e o Quatro Com Timoneiro. O primeiro se caracteriza por cada remador utilizar dois remos, e no segundo, cada atleta utiliza apenas um remo. No Quatro Com é permitido o timoneiro fazer revezamento com remadores.

Ficamos a imaginar como deve ser o treinamento em especial, para suportar o desgaste psicológico, o corpo dizendo ao cérebro, pare, e você dizendo a si próprio, continue.

A travessia se dá em quase toda sua totalidade em águas sem povoamento, iluminação ou qualquer tipo de infraestrutura que permita às embarcações singrar as águas em direção ao rumo certo.

Diante de tantas incertezas e dificuldades, o evento se torna ainda mais empolgante, mas sem perder a chance de nos proporcionar mais #historiasderemador, recheadas de bom humor e boas risadas. Confiram no bate papo ao vivo no vídeo a seguir estes bons momentos.

Vejam nas imagens e narração emocionada de Xavier a chegada da Regata.


2 comentário

Gilberto Oliveira · 17 de abril de 2022 às 12:08

Grande Seara,

Sempre um batalhador, divulgando esse belo esporte.
Parabéns, meu Amigo. Fazes um excelente trabalho. As histórias que nos contas, sao sempre bastante interessantes.
Continua na “labuta”
Abração

    historiasderemador · 17 de abril de 2022 às 21:11

    Obrigado amigo Gil. Assista o bate papo. Tem uma história que me rendeu muitas risadas.

Deixe uma resposta

Avatar placeholder

O seu endereço de e-mail não será publicado.

pt_BRPortuguese